Modernização do aeroporto de Santa Cruz do Sul deve iniciar em 2014 Imprimir
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Notícias do Projeto
Escrito por FOUR Comunicação   
Qui, 15 de Agosto de 2013 11:30

Anúncio foi feito pelo diretor do DAP em reunião-almoço promovida pela Associação Santa Cruz Novos Rumos

Diretor do DAP Roberto NettoSanta Cruz do Sul – As autoridades e empresários que participaram da reunião-almoço promovida pela Associação Santa Cruz Novos Rumos (Ascnor) nesta quinta-feira, 15, no Hotel Águas Claras, receberam uma boa notícia dos representantes do Governo do Estado. O projeto de modernização do Aeroporto Luiz Beck da Silva deve estar pronto até o final do ano e as obras previstas para iniciar ainda em 2014.


A reunião-almoço, que tinha como objetivo dar sequência às discussões sobre o modal logístico em Santa Cruz do Sul e região, contou com a presença de autoridades políticas, dirigentes de entidades empresariais e representantes das principais empresas do município.

O presidente da Ascnor, André Jungblut, abriu o evento elencando demandas de Santa Cruz do Sul como a modernização do aeroporto, a duplicação da RST 287, a inclusão de Santa Cruz do Sul no traçado da Ferrovia Norte-Sul e a solução para os constantes congestionamentos do trevo do Fritz e da Frida. “O nosso município tem uma localização estratégica para o Estado e, por isso, precisa de uma agenda que contemple estas questões”, argumentou Jungblut.

Em seguida, o diretor do Departamento Aeroportuário (DAP), Roberto Carvalho Netto, revelou que o aeroporto de Santa Cruz do Sul já estava contemplado para receber verbas do Estado. Porém, com o anúncio do Governo Federal de um programa de investimentos para os aeroportos do país, a situação ficou ainda melhor. “O aeroporto de Santa Cruz do Sul é um dos 270 que serão ampliados e modernizados com verbas federais, liberadas via Banco do Brasil”, comunicou Netto.

O diretor do DAP, órgão ligado à Secretaria Estadual de Infraestrutura, afirmou ainda que o projeto prevê o alargamento da pista, balizamento noturno, operação por instrumentos e terminal de passageiros. “O projeto de modernização deve ser concluído ainda em 2013 e a empresa que vai executar o trabalho deve estar contratada em 2014 para, em seguida, dar início às obras”, frisou.

No seu pronunciamento, o secretário estadual de Planejamento, Gestão e Participação, João Motta, destacou que as obras reivindicadas representam uma dívida do Estado com a região. “Os governos já deveriam ter encontrado soluções para estes problemas há décadas”. Motta salientou que a região, que tem vocação exportadora, precisa estar incluída nos projetos de todos os modais logísticos. “A duplicação das rodovias, a modernização do aeroporto, a inclusão da região no trajeto da ferrovia e de hidrovias. Precisamos encontrar maneiras de priorizar estas questões para que o Estado também possa se valorizar e crescer”, definiu Motta. Neste sentido, o secretário também definiu como fundamental para o município, a construção do viaduto no Trevo do Fritz e da Frida.

Secretario João Motta

Público

 

Fotos: Sandro Viana


Add this to your website